O que eu fiz por mim hoje?

Sabe, eu estive esses tempos pensando muito sobre minha graduação… sobre se a minha faculdade era boa mesmo porque eu tenho muita dificuldade em conseguir um estágio … e tenho a mania de colocar a culpa na Instituição que eu estudo.

Vivo dizendo que com o currículo que eu tenho se eu fizesse uma Puc, um Mackenzie… uma USP… FGV…. eu já estaria empregada a muito tempo…

MAS… conversando com minha mãe…. chegamos num consenso interessante: acho que não dá pra jogar toda a culpa nem ficar se segurando sempre nas Instituições.

O trabalho executado pelo aluno dentro de uma instituição é uma mão dupla: é o interesse do aluno, o que ele investe nele mesmo, em cursos, em livros, em estudos de madrugada, em dedicação, em esforço, em trilhar um caminho que vai depender do esforço do aluno que a faculdade não pode fazer pelo aluno.

Enquanto conheço gente que fez Mackenzie e nem inglês sabe… e ficou se segurando no nome da instituição…. ou são alunos dessas faculdades todas e ao mesmo tempo não tem grana pra fazer um curso extracurricular porque a grana vai toda pra mensalidade dessas faculdades e nem podem comprar livros e ficam traficando pdfs… porque também não tem dinheiro pra investir em livros… eu sigo aqui com quase duas estantes cheias de livros que compro constantemente e sigo investindo em cursos constantemente… fora as madrugadas de estudo com afinco, artigo publicado, participação em Congresso de Iniciação Científica, etc.

Acho que o fato de eu não fazer um estágio é mero detalhe. Que no final das contas eu estou fazendo uma bela limonada do meu limãozinho. E que toda minha dedicação irá ser recompensada em um futuro breve.

Que eu preciso parar de olhar só pra Instituição tal e tal e tal e ficar comparando com a minha e achando que a minha é pior e dar mais valor a mim mesma e ao meu esforço… a todo caminho que estou trilhando…

Por que no final é a gente por a gente mesmo. As instituições dão o caminho mas a gente é que trilha ele. A gente que bota o tempero.

A gente que investe em si mesmo. Que adiciona as nossas qualidades e nossos extras.

Nossa capacitação.

Pra ter destaque. Pra se sobressair…. pra ir mais além… Besteira ficar nessa de tal ou tal faculdade… pois no final quem trilha nossa carreira é a gente mesmo, através do nosso esforço.

Eu preciso me enxergar mais e me valorizar mais. Pois eu tenho meu valor.

Eu tô quase desistindo dessa matéria…

Depois de ficar até as 4:48 da manhã não sei como porque eu estou super desmotivada, lendo até a aula 4 do resumo que o professor passou mais o primeiro capítulo do livro do Freddie Diddier Jr. eu resolvi fazer uns exercícios de fixação da parte de Introdução á Execução no site do qconcursos… e esse foi meu resultado inicial:

Captura de Tela 2020-05-06 às 05.19.42

Caralho. eu sou uma merda nessa matéria.

Eu leio….. leio…. leio…. “entendo tudo” e chega na hora de resolver os problemas eu não acerto nada.

aaaaaaaaahhhhhhhaaaaaaaaaaaaaaaaa eu quero morreeeeeeeeeeeeeeeer.

 

Não desisti… respirei um pouco mais fundo e respondi mais algumas questões…. ainda continuo mal… mas acertei mais 3…

Captura de Tela 2020-05-06 às 05.44.16

Preciso continuar estudando – e MUITO – essa matéria…. porque até eu ficar boa nela vai demorar. 😦

Mas sabe o que que é isso???

A maldita mania de DAR UM PASSO MAIOR DO QUE AS PERNAS.

Eu já melhorei em muitas coisas….

Por exemplo: Fiz uma listinha a um tempo atrás das coisas que eu tinha que melhorar em mim mesma e listei algumas coisas….

1 – Não ter grandes planos apenas quando as coisas estão boas

2 – Se preocupar menos com a vida dos outros

3 – Se comparar menos

4 – Se tornar mais resiliente

5 – Cuidar mais da sua mãe

6 – Praticar mais o budismo

7 – Não querer ser perfeita

8 – Não querer ter resultados rápidos

9 – Nunca mais ter cartão de crédito

10 – Só se esquece de alguém se se fizer um esforço para esquecer

 

Mas acho que preciso dar uma atualizada nesse checklist… porque a mania de dar um passo maior do que as pernas foi o que estou vendo que continua a me atrapalhar…. Sabe, não é nem questão de consumismo…. mas é questão de ah quero fazer faculdade? daí só as tops servem… pós graduação? daí tem que ser aqueeeeelas…. e presenciais…. se for falar em carro pra mim pô tem que ser o pica das galáxias…. viajar…. Europa… EUA… iphone macbook coronavairus aaaahhhh credo! que coisa escrota.

Preciso pensar mais fora da caixa. Meu cérebro tá derretendo lendo essa merda.

Acho que o problema é querer ser algo que não sou…. de querer aparentar ser uma coisa que não sou pra outras pessoas acharem que sou uma coisa que na realidade não é, a troco de nada. E isso que me atrapalha.

Por que daí eu só me fodo em dívida, não acabo sendo a coisa de forma alguma porque bens materiais não vão me tornar “a coisa” ou seja, rica, nem mais nem menos… um iphone, uma viagem, um cabelo loiro, uma roupa, um carro, uma bolsa, um sapato, um celular, uma whatever… uma pós graduação em harvard, uma graduação em Columbia… e desse jeito eu não chego a lugar nenhum.

Então, qual é o ponto? o.O

Preciso refletir mais a respeito disso. conversar mais com alguém sobre isso.

Refletindo….

Eu tava conversando com minha mãe e chegamos á conclusão que nossa dívida com o cartão de crédito está insustentável… e começamos a pensar em mil formas desde algumas semanas atrás – umas três semanas já – a pensar em como a gente ia fazer pra honrar com esse compromisso… pois estávamos com um parcelamento de fevereiro que parcelou não só a fatura do mês de fevereiro mas todo o valor do cartão 😮 pois é… e quando chegou agora em abril não rolou de pagar a fatura de abril… e tem mais as faturas parceladas que vão até janeiro de 2021…. HAHAHHAHAHAHAHA

É rir pra não chorar…

A minha despesa com a viagem da Europa tinha sido a fatura do mês de fevereiro… e eu segui o conselho de um amigo meu que falou “parcela o cartão….” só que chegou na hora e o banco parcelou o cartão inteiro e a dívida dobrou de valor com o parcelamento! =~

E eles deram prazo pro primeiro pagamento da fatura pra começar a pagar em abril…

Ok…. nisso… eu paguei a primeira parcela do parcelamento e ficou muito apertado as coisas aqui pra gente e minha mãe se lembrou dos vídeos que ela assiste de vez em quando no youtube sobre educação financeira e chegamos á conclusão de que simplesmente não vamos mais pagar mais nenhum centavo pro cartão de crédito.

Baseados nesses vídeos:

E como eu tinha falado no instagrams que eu ia falar como eu hahahahahahha ia fazer pra quitar minhas despesas viajando pra Europa, gastando no cartão de crédito e bla bla bla bla… foi isso que eu fiz. Fui lá, gastei, e não paguei.

Vou começar a juntar dinheiro pra quando o banco quiser negociar a dívida sem juros, sem me cobrar o dobro por ela eu quitar a dívida inteira de uma vez só. 🙂

E foi assim que tudo acabou. E eu cheguei até a vender nudes meus pelo instagram pra levantar dinheiro pra terminar o mês de abril. ❤

Fiz praticamente dois trabalhos que tinha por fazer – tinha que entregar até dia 20 – em dois dias.

Vou deixar aqui os arquivos pra vocês… como esses trabalhos são de faculdade e não tem problema de serem publicados na web – não precisa ter ineditismo e tal – resolvi compartilhar no meu blog pois os assuntos são interessantes e eu estou orgulhosa de ter feito eles.

Covid19execucoesciveis

Covid19relacoestrabalhistas

Falta terminar o de relações trabalhistas… mas eu devo terminar amanhã…. só não vou atualizar os arquivos aqui.

O de execuções merecia um tapa em algumas frases…. talvez eu dê depois e reenvie pro professor já que ainda dá tempo…

Bem, é isso. ❤