Beautiful Black Work Tattoos.

black11black1black4black2black5black3black9black6black7blcak8black10

 

 

Tendências de Saias para Inverno 2019 e como podemos usá-las.

Andei pesquisando as maiores tendências para saias que estão aparecendo para o inverno de 2019 aqui pra gente… e fiz algumas sugestões de como utilizá-las.

Elas aparecem principalmente assimétricas, em tecidos mais metalizados… e em comprimentos mais curtinhos.

skirt1

 

Na foto ela aparece sendo usada com um cardigãzinho … o que é uma boa pedida pros dias não tão frios… mas podem ser utilizados também da seguinte forma:

Look1

Você pode combinar peças de estações passadas com peças dessa estação atual fazendo um look atemporal… porque né? a gente não precisa consumir um armário completamente novo a cada semana.

 

As saias também aparecem em tecidos mais brilhosos, até mesmo plissados…

skirt1

skirt6

A combinação que eu fiz foi um look mais pra noite… podendo ser usado tanto com ou sem a jaqueta…

Look2

 

Podem aparecer de diversos comprimentos… podendo se valer de sobreposições inusitadas.

skirtspo

skirt4

Vindo com combinações como meia-calças de diferentes grossuras e statement belts.

E podem ser de vários tecidos diferentes, unindo várias tendências em uma única peça….

skiirt9

Ou podem ser mais formais, vindo em tecidos nobres como o couro:

skirt5

Também buscando a assimetria.

Ou envernizadas também, só que mini e neon…

skirt10

Você pode se destacar com uma Emilio Pucci… com franzidos, meio sereia.

emiliopucci

Mas as apostas certas serão as minis, as midis e as plissadas em tecidos brilhosos, couro, lã… com muito efeito glossy, brilho e paetês.

SS19 TREND FORECASTER From Amber Grant.

A Amber Grant tem 29 anos de idade e mora na linda costa leste da África do Sul. Ela cresceu em uma pequena cidade conservadora, antes de se mudar para Durban para estudar Comunicação Visual. Foi aí que o amor dela pela arte e imagética se fundiu com sua curiosidade pela tecnologia e onde aprendeu a apreciar uma estética de design bonita.

Atualmente ela está com sede em Durban, na África do Sul, o seu amor pelas tendências e pela indústria da Moda não é apenas um trabalho, mas uma paixão. De origens humildes, seu apreço pela boa estética e design, deriva de um fundo de Comunicação Visual e floresceu quando mergulhou no mundo do Design de Produto…

Aqui ela elenca as melhores tendências para o verão 2019 pinçados pelas passarelas que viu mundo afora.

 

Para seguir Amber Grant no Pinterest siga o link:

Tendências Inverno 2019.

inverno 2019 promete: temas como a exigência por diversidade, a primavera feminina, a necessidade de praticidade, a importância da natureza e sua preservação informam o que vamos vestir no ano que vem. A tradição, com peças clássicas, uma dose de cores vibrantes e muito brilho chega na estação mais fria do ano.

A mulher chega apostando em cores vivasbrilhosestampas e materiais luminosos. Sente-se confortável com sua feminilidade e, portanto, opta pela alfaiataria em looks para trabalhar, mas adora adicionar um cinto para celebrar suas curvas.

Ao invés de sonhar com o herói para salvá-la, na versão 2019 é a estrela do seu próprio faroeste. Brinca com referências misturando peças de herança, como o tweed e a estampa xadrez, com outras de apelo moderno, sabe que é resultado de suas experiências passadas, mas também se abre ao novo.

Vem ver na prática como tudo isso vai se traduzir nas tendencias do inverno 2019.

A estampa: animal print

Onça nunca sai de cena, mas tem temporadas de destaque menor. Em 2019, aliada à zebra, ressurge em leituras pop com cores ou em sua forma mais clássica. Para usar as estampas de bicho, aposte em formas sofisticadas ou com toques esportivos, a ideia é ousar e subverter.

zebra1
zebra2

animalprint

animalprint2
animalprint3
tigerprint

O material: tweed

O tecido é marca registrada da Chanel e remete a um estilo mais tradicional. Use em conjuntinhos ou quebre a seriedade com peças casuais como o jeans. Em sua forma mais conceitual, ele tem ombros pronunciados, bem oitentista: o exagero imprime o ar de uma mulher forte e pronta para encarar qualquer situação. Brechóssão um ótimo lugar para encontrar um casaco de tweed para chamar de seu:

tweed1
tweed2
tweed3
tweed4
tweed5

O mood: faroeste

Pense no estilo dos cowboys e seus tons terrosos, camurça, franjas, bordados étnicos e muita atitude. Só não esqueça de fazer um mix com shapes mais delicados para impedir que o look fique caricato.

 

western1
western2
western3
western4
western5

Inclusive vale resgatar a bota de cowboy do fundo do armário:

A peça: casaco estilo capa ou poncho

No próximo Inverno, os pampas inspiram a forma favorita de se manter quente.

poncho1
poncho2
poncho3
poncho4

A cartela: neon

As décadas de 1960 e 80 são as grandes mentoras do inverno 2019. Dos anos 80 vem a influência esportiva e uma predileção por excessos. Em nenhum lugar isso fica tão claro quanto na paleta de tons neon, queridinha da temporada. Do clima esportivo ao estilo lady-like o fluo promete acender os looks.

 

 

O efeito: gloss

Cresça e apareça com acabamento lustroso, do paetê ao metalizado, passando pelo holográfico e o verniz, a ordem é brilhar.

gloss1
gloss2
gloss3
gloss4
gloss5

 

Eu estava parando pra analisar essas tendências, e resolvi tirar esse texto de um site que falava sobre as tendências para o inverno 2019 no Brasil. Só que resolvi que eu ia colocar imagens diferentes do site e, resolvi fazer uma pesquisa no Pinterest.

Nisso quando chegou na parte de fazer uma pesquisa por NEON eu vi que essa tendência é uma tendência que já vem desde o Spring Summer de 2018 da Europa e que ela já está batida pro Pre Fall 2019…. nisso apareceu no mesmo site que eu pesquisei as fotos sobre NEON – que eu cliquei na imagem neon que eu achei no Pinterest que me levou á esse segundo site, um site de consultoria de tendências gringo – que franjas também é tendência Spring Summer 2018 e ela vinha em cores neon também, em cores bem fortes.

E isso me levou a pensar que a gente fica aqui no Brasil usando roupas e tendências que já são batidas na Europa.. porque nesse primeiro site que eu tirei essas informações dizia que a roupa de festa seria franjas! E que elas viriam estilo anos 20 e 30 bem luxuosas, mas não tinha NADA A VER com o que eu achei de MODA Party Dress ou Night ou sei lá… eu posso não saber o termo que procurar mas nesses dois termos não tinha nada a ver com franja nem anos 20 nem anos 30 pra Pre Fall 2019… aliás, pra Moda festa, moda pra noite de Pre Fall gringo é tudo muito tapete vermelho. Difícil até mesmo interpretar uma tendência. Eu pelo menos não sei.

Achei tudo muita organza, flores, drapeados, … uns tafetás….

Essas coisas.

E isso me faz crer que a pessoa desse primeiro site tirou a tendência dela de um site tipo WGSN … que aponta as principais tendências de consumo mas que tipo elas não necessariamente serão globalizadas, e sim, serão direcionadas para cada parte do globo pois basta ver como uma americana se veste em relação a uma brasileira …. em termos de bikini. Ou até mesmo de consumo sobre fast fashion. E pega uma europeia… são diferentes.

E com certeza isso tem impacto nas tendências.

Tanto é que só fiz o post até onde eu achei que as tendências faziam sentido de consumo pra mim…. porque pra noite, ué pra noite eu visto o que eu sentir vontade de vestir. E não franjas 2018.

😛

Também não coloquei aqui a tendência que ela mencionou sobre cintos com fivelas marcadas douradas, porque também acho que isso é muito 2018…

E acho que as zebras e as onças não chegam vivas nem até o inverno devido á grande produção de produtos já nessas estampas nessa época do ano. Vide Zara, Schutz… e se bobear até José Paulino. rsrsrsrs

 

 

Faculdade Santa Marcelina abre inscrições para pós graduação em Direito da Moda: Fashion Law.

“A Faculdade Santa Marcelina, pioneira no ensino de moda no Brasil, criou, em 2017, a primeira pós-graduação nacional em Direito da Moda (Fashion Law). A especialização oferece uma perspectiva ampla sobre os principais negócios de moda e as basais questões legais enfrentadas por, dentre outros, criadores, digital influencers e empresas do setor têxtil, de confecção, de joalheria, de acessórios e da beleza, possibilitando ao aluno um olhar diferenciado e estratégico.”

Esse é o título de apresentação do mais novo curso de pós graduação da faculdade Santa Marcelina que envolve o Direito e a Moda no Brasil. Situada em São Paulo, no bairro de Perdizes, a faculdade conta com a tradição na área da Moda e chega inovando com este curso pioneiro no setor.

É uma ótima oportunidade para quem quer se tornar um profissional diferenciado e competitivo dentro dos direitos autorais, no Direito Civil, claro tudo isso aliado á um bom sendo estético e know how da indústria Fashion.

O link para saber mais sobre o curso fica aqui logo abaixo:

https://www.santamarcelina.org.br/educacao/fasm_unidade_curso.asp?idCurso=66&idUnidade=29

 

Review: Luminus Hair Shampoo + Condicionador + Cápsulas

Olá gente,… tudo bem?

Agora estou voltado com mais um Review só que dessa vez sobre os queridinhos da Luminus Hair.

Eu comprei ano passado o combo anunciado no site da Luminus de Shampoo + Condicionador + 5 ou 7 potinhos de cápsulas de vitaminas deles pra testar o crescimento dos meus fios.

E o resultado usando os três produtos combinados foi esse:

inicio

Essa foto foi tirada dia 22 de setembro de 2018 quando comecei a usar os três produtos.

E essa foto foi tirada dia 2 de outubro:

mais cheinho

A franja tinha dado uma diminuída porque eu sem querer queimei ela usando o secador hahahahaahaha

Mas eu achei que dos lados ele tinha criado volume… minha cabeça estava raspada antes… e tava bem batidinha… e usando os produtos eu senti que ela deu um volume.

Mas agora, fazendo esses posts eu acho que os produtos da Lee Stafford são mais eficientes.

Acho que vou manter só as vitaminas da Luminus Hair. E não vou usar mais nem o Shampoo nem o Condicionador porque achei que eles não cumprem com o prometido.

185193-reprovado

Taí as provas pra vocês verem os resultados depois do meu uso dos Shampoo e Condicionador Luminus Hair + Cápsulas, tirem suas próprias conclusões.

Até o próximo post,

Beijos

Mah.

Review Lee Stafford: Shampoo + Condicionador.

Olá gente! ❤

Voltando com novidades quentinhas aqui pra vocês sobre meu shampoo e condicionador para crescimento capilar que estou usando atualmente.

O que escolhi pra esse momento é o da linha Lee Stafford e estou usando tanto o Shampoo quanto o condicionador.

Eles são esses aqui ó:

leeStafford

Eles prometem o crescimento do cabelo quando eles já estão empacados em um certo comprimento e não querem mais sair daquele lugar, sabe?

E funciona mesmo!

O meu cabelo antes de eu começar a usá-los estava assim:

 

Eles estvam desiguais dos dois lados, porque eu mesma tinha feito esse corte no meu cabelo hahahahhaha e ficou assim meio tortinho…. mais cheio de um lado e mais vazio do outro ….

Só que aí eu comecei a usar esse shampoo e esse condicionador… e de 14 de janeiro que são essas primeiras fotos até 21 de fevereiro que são as próximas fotos, meu cabelo ficou assim:

mamiorzinho

A franja cresceu bastante e o comprimento dele também… eu já taquei a tesoura nele de novo… dei umas cortadinhas de novo! Eu realmente preciso parar com isso! mas no geral o cabelo cresceu muito pra um mês de uso dos produtos e estou bem feliz com o resultado!

Vale lembrar que eu uso todos os dias o Luminus Hair em cápsulas. E que com certeza esse resultado é potencializado pelo uso dessas vitaminas.

Mas no geral eu acho que o Lee Stafford cumpre muito bem com o que promete.

Agora o que eu mais quero é comprar a máscara de hidratação da Lee Starford.

Que é essa aqui ó:

resenha-mascara-hair-growth-lee-stafford-ohlollas

Pelo que eu li sobre ela, ela é cheia das proteínas, riquíssima! Justamente o material que constitui nosso cabelo. E faz o cabelo crescer ainda mais! Um luxo!

Bom, esse foi o review com fotos autênticas que comprovam os resultados e espero que vocês tenham gostado!

Até o próximo post!

Beijos,

Mah!

Captura de Tela 2019-02-27 às 03.02.04

Mesa de Estudos e Debates: “O Pacote Anticrime: impactos na política criminal brasileira”.

sergiomoro

Oi gente! Eu to um pouco doente… estou com a garganta inflamada, me sentindo cansada, com o corpo mole… estou meio baqueada… e pra completar já tentei gravar um vídeo durante o dia inteiro pra postar no youtube e não consigo :~

Então vou fazer esse post aqui no blog mesmo falando sobre a palestra que eu assisti na tarde de hoje transmitida online pelo Ibccrim sobre o Pacote Anticrime proposto pelo Ministro da Justiça Sergio Moro e quais são seus impactos na política criminal brasileira.

Bem, pelo que pude aferir da palestra, esse Pacote vai em contramão á tudo que estudamos na faculdade de Direito na seara criminal, tirando as garantias fundamentais ao devido processo legal que os acusados deveriam se salvaguardar.

Porque a partir do momento em que se colocar o plea bargain em jogo, a negocição, o acordo em jogo, você deixa de produzir provas e dar ao acusado a possibilidade de que ele passe pelo devido processo legal. Você já passa a encará-lo como culpado e a imputar á ele uma pena e vai negociar com ele essa pena, que na negociação será mais branda…e que ele se passasse pelo processo seria acusado do mesmo jeito e teria uma pena até maior. E isso é o sentido do medo que você quer colocar no acusado.

E nisso você tem uma expansão do racismo no Brasil porque essas pessoas que vão passar pelo plea bargain serão as pessoas mais vulneráveis da sociedade, os negros e os pobres que não vão ter acesso á bons advogados ou a uma boa defesa para passar pelo devido processo legal.

Ou seja, estamos voltando á um sistema penal inquisitório ou melhor ainda, um aprofundamento do processo penal inquisitório, em derrocada do garantismo. É uma forma de estabelecer o positivismo no Brasil. Nos levando á ideia de que vamos punir as pessoas pelo que elas são e não pelo que elas fizeram.

E aqui eu relaciono essa ideia com o Direito Penal do Autor versus o Direito Penal do Fato.

Também foi dito na palestra que determinadas medidas adotadas pelo Pacote Anticrime são inconstitucionais, tais como as que remetem ao artigo 66 da Constituição Federal, que diz que lei alguma deve causar um aumento ao erário público e que nesse caso com o endurecimento das penas, teremos um aumento de R$ 2.000 com cada preso que entrar na prisão e isso é inconstitucional.

Bem, essas foram as minhas anotações sobre a palestra e eu gostei demais da palestra.

Como não consegui gravar o vídeo para subir no youtube, fica o post aqui no blog.

E o link da palestra pra vocês assistirem completa que foi exibida ao vivo no facebook:

Motivação para estudar na faculdade.

Uma coisa que percebo quando estou na faculdade é que os alunos quando entram na faculdade logo perdem a motivação para estudar… tem uma tendência a deixar para estudar em cima da hora da prova, fazem os trabalhos de qualquer jeito ou não se importam muito com suas notas passando mais pela média do que se preocupam em ter notas boas, acima da média.

Acho que uma coisa que a faculdade de Direito me trouxe foi a busca pela excelência. Mas não foi desde sempre assim… eu quando mais nova também passei por isso de não me importar muito com meu desempenho em sala de aula… quando eu fazia faculdade de Moda eu estava mais preocupada em fazer o que eu queria do que com a nota que eu ia tirar.

Por exemplo as vezes os professores mandavam a gente costurar uma saia e eu fazia um vestido… as vezes eu fazia coisas que não estavam no script do projeto a ser desenvolvido pela matéria proposta porque eu acreditava que da forma que eu ia desenvolver ia ficar melhor do que o proposto pelo professor.

E eu tinha problemas com isso. Em seguir ordens.

Mas era uma pessoa muito criativa e tal…

Acho que uma coisa que você tem que encontrar motivação pra continuar fazendo o que você está fazendo é pensar no que você gosta de fazer dentro da sua área de estudo.

Por exemplo, quando eu estudava Moda eu queria ser estilista. E isso era o que me motivava… e quando eu não consegui entrar nessa área e eu continuei trabalhando com produção de Moda e outra coisa que me motivava era ter um salário melhor e eu não estava conseguindo melhorar o meu salário eu desisti da carreira.

Então uma coisa que é importante você estabelecer são metas realistas sobre a carreira que você está cursando. Porque não adianta você querer ganhar 10.000 reais como recém formado porque isso não vai acontecer… e isso pode te trazer um sentimento de frustração e te fazer desistir da sua área. Você precisa pensar que existe um caminho a ser trilhado, que você vai primeiro estagiar, e que as vezes até o estágio pode ser suprimido pela falta de oportunidades que o mercado vem sofrendo e que a luta de entrar no mercado de trabalho é grande. E que você conseguindo o seu salário será modesto e que só vai aumentar ao longo de muitos anos de experiência e isso só com o tempo mesmo e muito investimento em educação.

Você deve fazer pesquisas salariais sobre sua área de atuação pra ter uma perspectiva de curto, médio e longo prazo pra te facilitar a não ficar ansioso e escolher melhor em qual área se especializar se o seu fator decisivo for “retorno financeiro”, porque se for vocação aí o papo é outro…

Uma coisa que pode te ajudar nesse sentido é aplicar uma técnica chamada BWA que é escrever num papel no centro dele o seu objetivo por exemplo escolher uma determinada área de atuação e colocar os pontos negativos e positivos de escolher essa profissão. E de outro lado escrever os pontos positivos e negativos de não escolher essa profissão.

E pode fazer isso para várias áreas que você estiver para decidir.

Seja por qual motivo que você tiver para essas áreas.

Isso serve para se você estiver prestando um vestibular ou se você já estiver na faculdade e quiser escolher uma área de atuação dentro do seu curso.

Dessa forma você aumenta sua previsibilidade em relação ao futuro e te deixa menos ansioso e com menos medo de errar na sua escolha. Pois fará uma análise mais consciente.

Outra coisa que pode te motivar a estudar além de decidir qual caminho escolher de atuação, seja encontrando sua paixão ou aquela área que te dará um melhor retorno financeiro é você procurar pessoas que te inspiram…

Eu procuro assistir vídeos de pessoas que me inspiram dentro da minha área ou pessoas que me inspiram sobre temas variados, Por exemplo… a Débora Aladim que trata de assuntos relacionados á vestibular é uma pessoa que me inspira pois ela sempre tem dicas sobre motivação, compartilhando a história dela, O pessoal das plataformas digitais de estudo como o Jubilut, o Ferreto, o Gilberto Augusto… eu gosto de acompanhar essas pessoas porque além do conteúdo que eles passam eu gosto das postagens deles.

Dentro da minha área eu gosto muito da Mariana Gonçalves do Minutos de Direito que pra mim é minha maior referência de um canal e blog de sucesso… sabe aquela pessoa que a gente pensa “quando eu crescer eu quero ser assim?” hahahhaahah então… são essas pessoas que a gente tem que se cercar para nos inspirar e nos motivar a seguir em frente e melhorar o que a gente já faz.

E isso nos leva á outro tópico que é ter um objetivo para se motivar, seja uma prova, seja tirar uma nota boa, seja aumentar o seu coeficiente de rendimento, seja fazer uma iniciação científica, participar de um grupo de estudos… tudo isso pode nos ajudar a ter mais vontade de estudar mais.

Porque quando você foca num objetivo desses você se dedica mais e consequentemente estuda mais e adquire um maior repertório. E percebe que as matérias se tornam mais fáceis para você.

Outra coisa é procurar não se manter tão ansioso, ou pegar pra você tantas atividades que você não consiga dar conta de fazer tudo aquilo. Estabeleça metas reais, novamente falando… procure estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo, talvez planos que você tenha pra esse semestre, e planos que você tenha pra um ano e outros que você tenha pra mais tempo como passar na OAB ou preencher as atividades complementares.

E se foque em ir cumprindo esse planos no dia a dia. Pois tudo é questão de planejamento. De ir cumprindo suas metas diárias. Não se lê um livro de 800 páginas em 1 dia… e sim durante vários meses um pouquinho. É uma coisa que se constrói.

Outra dica é você procurar fazer meditações para acalmar sua mente e sua respiração, seu estado de espírito principalmente em dias de prova que exigem um nível de concentração um pouco maior e um estado de espírito um pouco mais calmo. E se você tiver dificuldades com questões emocionais pode ser legal você pode procurar um psicólogo ou coaching para te ajudar nessa caminhada.

Outra coisa importante é você se dar tempo para o descanso e atividades de lazer pois a vida não se resume apenas á estudar. Faça amizades, saia com os amigos… faça coisas que você gosta, se é uma academia que você gosta, faça, se você gosta de ir ao parque, ou caminhar com seu cachorro, ir á restaurantes, ir ao cinema, á exposições de arte, em fim, se divirta de maneira saudável e que não comprometa seus estudos e que te alimente de maneira positiva e te traga mais repertório cultural.

Sobre ter um instagram de estudos, um canal de youtube sobre sua área de estudos, um tumblr, também é uma forma positiva de se motivar… tome apenas cuidado para não passar tempo demais neles e não dando conta de estar estudando de verdade ou dando importância demais para comentários negativos que podem surgir nessas redes pois sempre pode aparecer gente para querer te derrubar. E o intuito dessas redes é a motivação e não o contrário.

Enfim, acho que esse é o combo de dicas que eu posso trazer pra vocês hoje, até a próxima!

Beijão

Mah!

Damasio1

Evolução do meu Cabelo. 2018/2019.

Olá.. esse post é antigo…. foi um dos que foram deletados quando resolvi que não ia mais bloggar aqui, mas agora decidi voltar com ele porque estou um pouco ansiosa pro meu cabelo crescer e o que decidir fazer com ele – se corto a franja ou não… – e resolvi fazer uma retrospectiva deeeesde lá o comecinho do meu primeiro corte do meu cabelo no ano passado pra ficar mais feliz com meu cabelo.

Então vamos lá:

Ano passado eu estava com o cabelo bem compridinho até… aí eu fui lá no Soho da Vila Mariana e procurei o Fausto pra ele fazer californiana em mim, mas ele falou que o meu cabelo não aguentaria a química e deu como desculpa que meu cabelo estava com alisamento sendo que eu não fazia esse tipo de procedimento a pelo menos uns 3 anos e eu já vinha cortando o cabelo de tempos em tempos. Ou seja, impossível isso ser verdade. Aí ele disse que eu tinha que fazer um tratamento primeiro no cabelo pra depois poder fazer a californiana e esse tratamento custava uns 400 reais e eu tinha que fazer pelo menos 3 sessões dele de 1 em 1 meses até poder fazer a californiana.

cabelo1

 Meu cabelo estava assim e eu mesma já tinha feito um teste de mecha caseiro em casa que mostrava que meu cabelo aguentava sim uma descoloração como vocês podem ver na foto.

Aí eu fiz a primeira sessão do tratamento fajuto do cara mas saí do salão me sentindo enganada.

Saí de lá e poucos dias depois eu cortei o cabelo.

#shortHair

Ah é, isso tudo em 2017 ainda… quando eu estava fazendo faculdade de Design.

Aí fiquei com o cabelo assim um bom tempo. curtinho e não mexi mais nele…. fui deixando crescer.

Quando ele cresceu mais um pouquinho eu pintei ele de rosa.

Tô rosa! 💖 #pink

E foi aí que meus problemas começaram… na real eu estava muito feliz com meu cabelo rosa. Mesmo. de verdade.

Primeiro porque nenhum salão que eu fui queria fazer ele rosa assim.

Fui no Retrô Hair e eles se negaram a fazer, alegando a mesma coisa do Soho: que eu tinha alisamento sendo que eu não tinha. E que meu cabelo não ia aguentar a química.

Aí eu já tava puta que esses salões metidos a besta não queriam fazer o serviço em mim e resolvi ir no salão aqui do bairro e fazer em alguém que estivesse disposto a fazer o serviço na minha cabeça.

Dito e feito. Aqui no salão simplérrimo do bairro eles fizeram meu cabelo rosa, ficou lindo e eu fiquei satisfeita.

Depois eu mesma pintava meu cabelo sozinha em casa quando precisava retocar a cor.

Tava tudo lindo e perfeito. Claro que quando desbotava a cor meu cabelo ficava horroroso mas era só pintar de novo que ele voltava a ficar lindo de novo…. e isso era uma coisa que eu tinha que fazer TODA SEMANA. Quem tem cabelo colorido sabe do que eu estou falando….

Beleza. Aí eu resolvi entrar numa agência de modelo. E lá eles criticaram meu cabelo cor de rosa e me obrigaram a pintar meu cabelo de castanho. Por cima da tinta rosa.

Meu cabelo ficou um LIXO.

lixo

Aí eu tentava recuperar ele de todas as formas mas não tinha mais jeito… ele estava morto. E em tudo quanto que era lugar que eu ia – seja na agência ou em salões tipo o Retrô Hair – eles me falavam: Seu cabelo é ruim. Seu cabelo é feio. Assim… com esse seu cabelo…. e me botavam pra baixo, me denegriam.

Aí eu entrei um dia num salão ali na Ana Rosa que eu gostei do cabelereiro de lá, depois de ter ido mais uma vez no Retrô Hair e eles terem me denegrido e falado que meu cabelo não dava nem pra fazer um corte e resolvi que eu ia fazer um corte radical nesse salão.

E cortei o meu cabelo assim:

punk

Ficou super estiloso na época e eu tinha adorado do jeito que tinha ficado.

Fiquei um tempinho com esse corte mas era difícil manter ele e logo depois de um tempo eu voltei pra academia e lá na academia eu não me sentia bem usando esse cabelo … sei lá… era uma fase que eu não tava bem comigo mesma… e aí eu meti a tesoura no cabelo eu mesma.

Isso já era junho de 2018.

deuruim

Nessa época no início do ano eu tinha parado de frequentar o N.A pela primeira vez na vida pra sempre, tinha tomado essa decisão de nunca mais voltar praquela merda de irmandade. Me decepcionei com as pessoas de lá e com o propósito da irmandade que não existe. E eu estava tendo dificuldades até o meio do ano de ficar numa boa sem a ajuda de ninguém.

E foi nessa época que eu tinha conseguido parar de beber pela primeira vez desde o início do ano – que eu estava bebendo todos os dias – e que eu tinha decidido voltar a fazer dieta e entrar novamente na academia.

E eu estava com os sentimentos todos embraralhados e confusos…. e o meu cabelo refletia isso. Eu não aguentei ficar com o corte estiloso… eu acabei metendo a tesoura nele e deixando ele uma merda. Porque eu estava ansiosa demais um dia e pensei “preciso me livrar de todo cabelo ruim que eu tenho e começar do zero”. Eu não sei explicar de onde veio essa ideia … mas era só o que passava na minha cabeça…. eu realmente estava mal.

Aí meu cabelo foi crescendo e eu fui melhorando. Em todos os aspectos.

melhor

foto1foto2

foto3foto4foto5foto6foto7foto8foto9

foto10foto11foto12foto13foto14

Eu fui melhorando a cada fase, malhando, fazendo dieta, ficando longe de bebida… aprendendo a beber socialmente…. e não daquele jeito que N.A me dizia que eu só sabia beber… fui aprendendo que eu não preciso da ajuda de ninguém pra fazer as coisas certas. Que eu só conto comigo mesma. Fui aprendendo a ficar longe de quem me atrapalha, de quem tem energia negativa. Fui evoluindo…. e meu cabelo foi crescendo junto, saudável, macio, brilhoso… e natural. ❤

E já está bem grandinho.

E eeeeessa foi a evolução do meu cabelo de 2018 – da fase mais trash dele até 2019 agora… iniciando a história dele lá em 2017. ❤

Em breve farei posts sobre os produtinhos de cabelo que eu uso e tal e comentarei novas coisas aqui com vocês.

Beijundas,

Mah.