Pensando…

Muito loko esse negócio de marketing nas redes sociais…. tipo quer queira ou não, a gente não foge do que a gente é. A gente pode tentar passar uma imagem disso ou daquilo mas no final, o nosso engajamento, a nossa audiência vai bombar de um determinado jeito e a gente não tem como muito fugir disso.

Essas últimas temporadas foram um pouco movimentadas pra mim lá no instagrams… Assim que terminou o semestre eu só queria uma coisa: extravasar…. sabe quando tu quer dar uma resetada na mente?

Sério … olha a minha cara de acabada no final do semestre:

me_acabada

tipo, com quilos de maquiagem na cara pra esconder as olheiras, o cabelo parecendo uma vassoura de piaçava … e a expressão facial de #morta.

Isso porque eu estava indo participar do tal Congresso lá que eu ia participar pela primeira vez na vida… mas eu tava já tão surtada que eu tava de novo ouvindo vozes, lelé da cuca, surtadinha mesmo, sabe? E tipo, foi barra e eu tava só o pó.

Eu lembro que a única coisa que eu pensava era “Quero ver quando for no 7º semestre” por que aí a grade vai ser cheia, vou fazer todas as matérias e se eu já tô pirando fazendo 4 matérias, grupo de estudo, curso, congresso, seminário… putaqueopariu…. imagina quando for no 7º que eu vou fazer 5 matérias e sabe-se lá mais o que…

Nisso veio o final das aulas. Acabaram as aulas. E tudo o que eu queria era meter o pé na jaca… porque do nada eu melhorei… parei de ouvir vozes, parei de ficar perturbada com tanto estresse e tava bem de novo daí eu falei Pronto! Hora de curtir um pouco.

E comecei a tirar umas fotos bem na de loka mesmo…. eu falava com meus amigos “Gente, bora pra Paulista tirar umas fotos de calcinha e sutiã?!” e ninguém queria ir comigo… achavam que era uma loucura… Nisso eu falei Quer saber? Ninguém quer ir comigo? Então foda-se eu vou sozinha. Catei duas cervejas, cigarro, me ” vesti” e fui de uber pra Paulista 4 da manhã decidida que ia tirar as fotos. Ah! e levei o meu tripé caso eu não encontrasse ninguém pra bater as fotos pra mim.

Aí daí pra frente eu comecei a fazer umas fotos bem malucas por onde eu ia… sempre vestida com uma lingerie, ficando pelada nos lugares que eu ia, pelada não né, de lingerie… mas em lugares inusitados. E fazendo role de doido no meio disso tudo.

Foi dahora!!!! Fiz novas amizades, conheci uns bofinhos, dei uns beijos na boca…. usei umas drogas hahaahahah mano…. eu lembro que chegou um dia e eu não conseguia usar mais o meu cérebro. Eu fazia força pra raciocinar e era difícil. Tipo assim… queria resetar a mente? Pois consegui.

Me lembrou aquela Skol Beats que tinha um letreiro gigante no meio da rave ás 5 da manhã: “A essa hora o meu cérebro já não serve mais pra nada”.

TENSO.

E fui publicando as fotos no insta e tal… e o engajamento foi subindo de uma forma muito loka… tipo geral curtindo, comentando, vindo falar comigo… pedindo meu whatsapp…

Mas eu sempre fico com receio de ser tão porra loka assim, de mostrar esse meu lado nas redes por conta da profissão. Direito e tal…. tá ligado nos instas das advoguetes? Das minas já formadas e que já atuam no mercado? Maaaaano… elas são completamente diferentes de mim.

Tudo chic, elas são lindas também que nem eu e pá mas mano…. ok tô na faculdade ainda não tem nem comparação o perfil delas com o meu… mas cara… elas não postam fotos que nem as minhas não hahhahahahaha é tudo foto internacional, foto com roupas caríssimas em cenários deslumbrantes… e claro, dá-lhe fórum.

Mas o que eu tava querendo dizer é justamente o lance do marketing digital… que tipo … quando eu tento segurar a onda, manter uma linha de menina saudável, estudante de Direito, COMPORTADA, sabe? A coisa não vira.

Sei lá, não sei o que acontece. Não gera engajamento… não gera curtida, nem comentário, nem like, nada. Simplesmente meu público me abandona. Porque na real nego tá cagando se eu to na faculdade ainda e o que eu faço em relação aos meus estudos. Isso não gera engajamento.

Aí eu posto foto lá de calcinha e sutiã no meio da avenida paulista toda vida loka… aí gera.

Porra. caralho. que raiva.

O marketing pede pra eu ser vida loka.

E ao mesmo tempo eu to lá na faculdade procurando estágio e morro de medo de um RH de empresa olhar minhas redes sociais e pensar “Essa mina é doida!”

Uma coisa boa foi que ao mesmo tempo eu procurei cuidar da aparência, ficar bonita… ficar bem na foto. E a minha foto favorita é essa:

7a2ccc9f-cf54-425c-a782-7763b0a56c74

E tipo eu fico pensando nessas coisas de posicionamento … de imagem e tal… e fico meio chateada que tipo só gera engajamento quando eu to pagando de gostosa, de vida loka… aí eu entro no twitter e é cada post cômico que eu leio no melhor sentindo “trago verdades” mas com um bom humor escrachado típico de jofens …. Jesus…

E ao mesmo tempo eu queria mesmo era tá lá… falando de Direito Penal no Youtube, com uns vídeos fodões, todos profissas, toda linda, mostrando que além de bonita eu sou inteligente sabe? Eu manjo dos paranauê.

Ah! e nunca divulguem suas estatísticas, pois parece que a galera depois que vê suas estatísticas resolvem te abandonar e te deixar no limbo do engajamento. Já aconteceu isso comigo 2 vezes. #BabyComeBack

Nisso…. eu to um pouco de saco cheio de ser o perfil “da gostosa” do instagram, saca? Que só gera engajamento se tiver meio pelada… >=[

Ahhhpaputaqueopariu.

Pelo menos esse engajamento me gerou novos seguidores no youtube, mas eu queria mesmo que os novos seguidores tivessem sido orgânicos, tivessem chegado até mim através dos vídeos que eu postei mesmo.

Que as pessoas tivessem visto meu conteúdo, se interessado pelo meu conteúdo e com isso tivessem passado a me seguir. ❤

CONTEÚDO é vida! ❤

Mas não…. nego quer saber de mim de calcinha e sutiã…. vida loka… e nem pra eu ser assim eu sou:

model

Sabe? MO-DE-LO… das pernas finas, 1.80 de altura, sorriso branco, Olívia Palito… tá ligado? Que vai bombar fazendo foto.

Então mano, WHATS THE FUCKING POINT? Não… porque a gente tem que monetizar de alguma forma… e se eu ficar fazendo essas fotos não vai me gerar uma parceria pra fazer campanhas fotográficas, pra marca nenhuma… por que né? convenhamos…. Qual é a GRAÇA de ser um perfil de uma mina “pelada” do instagram?

E ao mesmo tempo eu tô lá mostrando minha rotina de estudos, surtando, ouvindo vozes, e NINGUÉM se interessa por isso.

Não to dizendo que eu não seja bonita mas porra pera lá né…. só tem graça se fica pelada?

E o que eu tenho pra dizer… foda-se?

Caralho viu. Marketing de merda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s