O que eu fiz por mim hoje?

Sabe, eu estive esses tempos pensando muito sobre minha graduação… sobre se a minha faculdade era boa mesmo porque eu tenho muita dificuldade em conseguir um estágio … e tenho a mania de colocar a culpa na Instituição que eu estudo.

Vivo dizendo que com o currículo que eu tenho se eu fizesse uma Puc, um Mackenzie… uma USP… FGV…. eu já estaria empregada a muito tempo…

MAS… conversando com minha mãe…. chegamos num consenso interessante: acho que não dá pra jogar toda a culpa nem ficar se segurando sempre nas Instituições.

O trabalho executado pelo aluno dentro de uma instituição é uma mão dupla: é o interesse do aluno, o que ele investe nele mesmo, em cursos, em livros, em estudos de madrugada, em dedicação, em esforço, em trilhar um caminho que vai depender do esforço do aluno que a faculdade não pode fazer pelo aluno.

Enquanto conheço gente que fez Mackenzie e nem inglês sabe… e ficou se segurando no nome da instituição…. ou são alunos dessas faculdades todas e ao mesmo tempo não tem grana pra fazer um curso extracurricular porque a grana vai toda pra mensalidade dessas faculdades e nem podem comprar livros e ficam traficando pdfs… porque também não tem dinheiro pra investir em livros… eu sigo aqui com quase duas estantes cheias de livros que compro constantemente e sigo investindo em cursos constantemente… fora as madrugadas de estudo com afinco, artigo publicado, participação em Congresso de Iniciação Científica, etc.

Acho que o fato de eu não fazer um estágio é mero detalhe. Que no final das contas eu estou fazendo uma bela limonada do meu limãozinho. E que toda minha dedicação irá ser recompensada em um futuro breve.

Que eu preciso parar de olhar só pra Instituição tal e tal e tal e ficar comparando com a minha e achando que a minha é pior e dar mais valor a mim mesma e ao meu esforço… a todo caminho que estou trilhando…

Por que no final é a gente por a gente mesmo. As instituições dão o caminho mas a gente é que trilha ele. A gente que bota o tempero.

A gente que investe em si mesmo. Que adiciona as nossas qualidades e nossos extras.

Nossa capacitação.

Pra ter destaque. Pra se sobressair…. pra ir mais além… Besteira ficar nessa de tal ou tal faculdade… pois no final quem trilha nossa carreira é a gente mesmo, através do nosso esforço.

Eu preciso me enxergar mais e me valorizar mais. Pois eu tenho meu valor.

Autor: Maira Brito

A malicious woman with a fierce temper.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s